#1 Trabalhar no Exterior (Diferenças de Cultura)

Começando essa série de posts explicando como é trabalhar numa no exterior e enfrentar a diferenças entre culturas entre os colegas de trabalho!!

então, vamos ha alguns detalhes que percebi com quase 3 meses de trabalho:

#1 Diferença (e gritante): Produtividade

é gritante como o irish trabalha. Não tem “migue”, não tem “cafezinho de 30 min pra jogar conversa fora”, não tem disculpinha para entregar o serviços.
São focados, respeitam o horário e seu limite.

Alguns detalhes legais:

  1. reunião são em pé: sensacional, não existe aquelas reuniões de 3 horas com enrolacao e intermináveis.
    O motivo de fazerem reuniões em pé é justamente acelerar o andamento dos tópicos, que…
  2. Voce sabe os tópicos que serão tratados na reunião de ante-mao. Ja ai você elimina desperdício de tempo!
  3. Nao tem hora-extra… não também não querem pagar hora-extra, ou seja, não tem chefe te pedindo para ficar fazendo serviço depois da sua hora, e você nem é obrigado a ficar.
    Deu sua hora, simplesmente desliga o PC e vai pra casa, sem cerimonias.
  4. Intensidade: achei os irish bem intensos no trabalho, sem folguinha e cafezinho, sem conversa fora! Mas no PUB a historia é outra….

 

#2 Diferença Rendimentos (Salário médio)

 

Bem…. outra diferença interessante é essa de 578% o rendimento entre um irish e um brasileiro!!! O poder de compra é maravilhoso quando você vai para o Brasil de férias ja que o Real sempre será desvalorizado, e vê seu dinheiro render bem la. Tudo bem que temos serviços bem mais caros aqui como moradia, energia, impostos sobre carro e alguns alimentos, mas de resto como carro, viagens para outros países (você consegui ir para Londres durante semana pagando €40 ida e volta (ou seja, R$ 180 reais – com isso você não faz Belo Horizonte para Uberlandia)) e etc. Acesso a instrumentos musicais, aparelhos eletrônicos e etc num preço bem mais atraente (e sem medo de andar na rua com smartwatch).

#3 Diferença Relacionamento

Em tese os irlandeses são bem amistosos e pacientes (ainda mais com um inglês +- ).
Isso era preocupante porque ainda tenho dificuldades de falar ao telefone e alguns irish possuem um sotaque complicadíssimo!!!

Por isso não tenho o que reclamar!!!!

Em geral

Lógico que minha experiência na única empresa que trabalhei é pouco para se avaliar muita coisa, mas minha esposa também trabalhar, tenho outros amigos brasileiros e irishs que trabalham, e você vai colhendo essas informações e montando a analise! Poderia falar muito, mas que será abordado nos próximos posts!!!

No fim, impossível não comparar com as empresas que trabalhei no Brasil, e ver o tanto que poderia ter sido diferente em alguns pontos!

2 Comentário

  1. LDC,
    Muito interessante estas diferenças culturais, sobretudo, o quesito hora extra.
    Sou da opinião que todos deviam sair do local de trabalho, no horário (salvo as pouquíssimas exceções que existem). Nunca entendi a regra de ter horário pra chegar, mas pra sair ficam te olhando…. que aí, pelo que relata, não existe.
    Tenho um amigo na Inglaterra que me diz que praticamente de 6 feira, ele nem trabalha (leia-se ele e todos), só no clima e enrolation de fds. Coisas de inglês!! Vai saber!

    Um abraço
    @[email protected] Ativos for Change

    • Ola AfC…
      Essa fama dos ingleses preguicosos eh famosa (e aqui os irish ja foram por muitos anos “escravos” dos ingleses).
      Olha, sim, aqui tem horario pra entrar e sair e ponto… e isso me agrada (porque nao tem aquela velha historioa de que funcionario bom é aquele que fica horas depois do servico para tentar provar seu valor).
      Abracossss

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*